Notícia

UGT-RJ participa de ato contra má gestão do fundo de investimentos dos trabalhadores dos Correios


A União Geral dos Trabalhadores do Rio de Janeiro (UGT-RJ) e representantes de sindicatos filiados participaram do ato de protesto promovido pela Federação dos Trabalhadores dos Correios (Findect) contra a má gestão do Postalis, fundo de investimento dos funcionários dos Correios, pelo banco norte-americano BNY Mellon.


No ato que aconteceu no dia 26 de fevereiro em frente à sede do BNY, no Centro do Rio, os manifestantes responsabilizaram a instituição financeira pelo prejuízo causado ao Postalis e exigiam a devolução do dinheiro indevidamente investido em fundos internacionais; segundo eles, mais de R$ 2 bilhões.


Presidente da UGT-RJ, Nilson Duarte Costa acompanhou a manifestação. “O Postalis é um benefício dos trabalhadores brasileiros e por isso não deve ser gerido por um banco de Nova York”, disse ele, concluindo que “sempre que houver qualquer tipo de retaliação ou ameaça aos direitos dos trabalhadores, a UGT estará presente, independente da categoria e a central sindical da qual ela for filiada”.


Os manifestantes também exigiam da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) o pagamento da dívida de cerca de R$ 1 bilhão acumulada com o Postalis por repasses não realizados.


04/03/2016

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.