Notícia

Comerciários preparam congresso de fundação da Confederação do Mercosul


Dirigentes comerciários estiveram reunidos na última sexta-feira, 18, em Buenos Aires, na Argentina, para tratar dos preparativos para a organização do congresso de fundação da Confederação de Sindicatos do Comércio do Mercosul. A reunião aconteceu na sede da Faecys (Federação Argentina de Empregados do Comércio e Serviços), fundada em 1932, é uma das mais fortes e atuantes entidades sindicais da Argentina.


A UGT esteve representada pelo seu presidente nacional Ricardo Patah e também pelos secretários Leocides Fornazza (Práticas antissindicais e Relações do Trabalho); José Cloves Rodrigues (Trabalhador do Setor do Comércio) Julio Atanasio Gevaerd (Comerciários de Brusque) José Carlos Neves (Sindicato dos Comerciários de Foz do Iguaçu-SINECOFI e Observatório do Trabalho Decente) e Avelino Garcia (da Secretaria Geral da UGT).


O presidente da UNI América e secretário de assuntos internacionais da Faecys, Ruben Cortina, destacou: “o Mercosul possui aproximadamente 14 milhões de trabalhadores comerciários/as, sendo que a maior parte está no Brasil. Então, nós temos uma força considerável dos trabalhadores do setor comércio organizados com sindicatos fortes em nível nacional, municipal e estadual”.


Por sua vez, o sindicalista e vereador Zé Carlos (Sinecofi, Foz do Iguaçu, Brasil) observa: “para cumprir o papel de ser a extensão setorial do comércio no Mercosul e ser a voz do trabalhador comerciário na região, é de extrema importância a criação de uma entidade que trabalhe aspectos do trabalho informal, infantil e do trabalho decente. Desconhecemos as resoluções, recomendações ou quais normativas saem do Mercosul, de que forma impacta direta ou indiretamente o mercado de trabalho do comerciário. Por um lado, tem a participação das instituições do Mercosul e por outro lado trabalhamos os temas das fronteiras - os sindicatos do lado brasileiro, da Argentina, do Paraguai e do Uruguai” exemplificou.


UNIFICAÇÃO


A parceria entre entidades sindicais do Brasil e do Mercosul vem se alinhavando há vários anos. Em 2012, por exemplo, a assinatura do Marco de Cooperação foi classificada por Ricardo Patah, presidente nacional da UGT, como um dos mais importantes termos de cooperação entre trabalhadores do Mercosul. O dirigente brasileiro lembrou que as empresas de diversas partes do mundo traçam metas nas matrizes para serem aplicadas nos países em que atuam é que, a partir de agora, tanto os trabalhadores brasileiros como argentinos, vão discutir uma pauta conjunta que atenda aos interesses dos trabalhadores da área do comércio dos países e que atuam em empresas multinacionais.


De acordo com Ruben Cortina, esta seria a primeira confederação sindical do setor do comércio no Mercosul.


O congresso para a fundação da Confederação vai ocorrer em setembro, data ainda a definir. Assim que oficializado será divulgado.


22/03/2016

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.