Notícia

Alerj aprova novo piso regional e eleva reajuste no setor privado para 8%


A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, nesta quinta-feira, o texto-base do projeto que reajusta o piso regional no estado do Rio. O valor serve para determinar o salário mínimo pago a determinadas categorias do setor privado, atingindo cerca de dois milhões de trabalhadores com carteira assinada. Após a deliberação dos deputados, a proposta do governo foi alterada.


O percentual de aumento, antes estipulado em 7,53%, subiu para 8%. Os seis grupos de profissionais beneficiados pelo piso terão salários entre R$1.136,53, no caso de empregados domésticos, e R$ 2.899,79, para enfermeiros, por exemplo, se a proposta for sancionada (veja ao lado).


A discussão do projeto, porém, ainda não terminou. Durante o debate dos destaques relativos a emendas, quando os deputados votam a inclusão de novas regras ao texto, a sessão foi interrompida por falta de quórum. O texto deverá voltar ao plenário para um novo debate, ainda sem data. Ao todo, foram apresentadas 86 emendas pelos parlamentares.


Uma vez aprovado, o projeto voltará para o governador, que terá 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo. Em 2016, a Alerj aprovou o reajuste anual em 6 de abril. Na ocasião, a proposta recebeu 77 emendas. A lei terá efeito retroativo a 1º de janeiro deste ano.


Fonte: Extra.Globo.com


20/02/2017

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.