Notícia

Audiência pública discute impacto da reforma da Previdência na vida das mulheres


A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, que presido na Alerj, irá discutir a reforma da previdência que o Governo Temer insiste em tonar uma realidade e que afetará todos os trabalhadores brasileiros.


As mulheres serão as mais prejudicadas. E, como consequência, a categoria da Enfermagem, com mais de 84% de profissionais femininas, será atingida em cheio. Expostas a jornadas duplas, às vezes triplas, e a uma atividade de grande desgaste, elas terão que trabalhar até os 65 anos, para ao final deste tempo receber cerca de 60% de seu último salário, a título de aposentadoria.


Vamos discutir o impacto desta Reforma da Previdência na vida das mulheres, no próximo dia 17 de abril, em audiência pública, na Alerj, às 10h00 da manhã.


A audiência é aberta a todos e para debater convidamos a Deputada Federal Jandira Feghali , da Comissão Especial da Reforma da Previdência; a Professora Denise Lobato Gentil, do Instituto de Economia da UFRJ; a Professora Hildete Pereira , da Faculdade de Economia da UFF e Kátia Branco , da CTB


Fonte: Deputada Enfermeira Rejane


05/04/2017

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.