Notícia

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra a Mulher



A crescente onda de violência contra as mulheres, assassinadas por um homem que é ou já foi seu companheiro. São dados como este que levaram a ONU a declarar, no ano de 1999, o 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. A data foi criada em homenagem à morte de três irmãs dominicanas, ativistas assassinadas, nos anos 80, por ordem do ditador Rafael Trujillo

Minerva, Patria e María Teresa Mirabal cresceram num ambiente de classe média, pelo menos duas frequentaram a universidade, e mantinham uma forte atividade política, sobretudo Minerva - atividade que envolveu, em vários momentos, passagens pela prisão.

Em 25 de novembro de 1960, depois de uma visita aos maridos de María Teresa e Minerva, que estavam presos, foram assassinadas, juntamente com o motorista.

A data deu início, em 1991, à campanha mundial “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” que vai até o dia 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos), passando pelo 6 de dezembro, que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

22/11/2017

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.