Notícia

Pequenas empresas geraram 10 vezes mais emprego que médias e grandes


O Brasil continua a depender das micro e pequenas empresas para gerar postos de trabalho com carteira assinada. No ano, são 293 mil novos empregos, saldo quase dez vezes maior que nas médias e grandes empresas.


Em abril foi positivo, os pequenos negócios foram responsáveis por 72% da vagas criadas no país, informa o Sebrae. Foram 83,5 mil empregos ante 31,4 mil nas médias e grandes empresas e 980 empregos criados nas empresas da administração pública, o que totalizou 115,9 mil novos postos de trabalho no país.


“As micro e pequenas empresas são as grandes responsáveis pela geração de emprego e renda neste país. Esses empresários batalhadores fazem a economia girar, mesmo em momento de crise”, enfatiza o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.


O setor de serviços foi o que mais gerou empregos em abril deste ano, com 48,9 mil, sendo puxado pelas empresas que atuam no ramo imobiliário e no segmento de Transportes e Comunicações. Os pequenos negócios da Construção Civil também se destacaram com a criação de 14,4 mil vagas.


O Estado de São Paulo liderou a geração de empregos no mês passado, tendo sido responsável por 28,7 mil vagas. Minas ficou em segundo lugar, com 13,7 mil empregos.


Fonte: Monitor Mercantil


Data: 23/05/2018

TV UGT-RJ


Jornal UGT-RJ

Filie-se a UGT-RJ

Projeto Inclusão Digital

Cartilhas UGT-RJ


Visitantes

Contador de Acesso - Contador de visitas

Rádio Web Fire FM

Endereço: Rua Camerino, 128 7ºAndar, Centro - Rio de Janeiro, Cep: 20080-010

Telefone: (21) 2223-2656
Telefone: (21) 2223-7849
Desenvolvido por:


Todos os Direitos Reservados UGT RJ - União Geral dos Trabalhadores do Estado do Rio de Janeiro.